Cães

Dicas para lidar com os cães e a chuva!

Se o seu cão apanhou chuva, veja dicas para evitar mau cheiro e doenças quando os cães se molham.

Com o tempo chuvoso os cães acabam por se molhar. Apanhou chuva enquanto passeava com seu cão? Para algumas pessoas, tomar chuva enquanto anda com o cão pode ser tanto um momento de muita diversão quanto uma preocupação. Mas não importa se foi bom ou mau, o importante é que, ao chegar em casa, o animal precisa tomar um bom banho.

Cuidados a ter com os cães quando apanham chuva

Cães e chuva

O banho evita o famoso cheiro de “cão molhado” e protege o animal de doenças como leptospirose, pneumonia ou micoses provocadas pela humidade.

Portanto, assim que escapar da chuva, leve o animal para casa. Ele vai estar agitado após a “brincadeira”, portanto mantenha-o num ambiente tranquilo e familiar. Dê-lhe festas e acalme-o, sobretudo se ele for mais sensível.

Comece por separar os itens que serão utilizados: uma toalha limpa e seca, sabonete próprio para a pelagem, secador e um pente ou uma escova. Não se esqueça de verificar bem a temperatura da água, já que o animal não pode ser banhado com água muito quente, nem muito fria.

Além disso, se o cão for “medroso”, vale a pena encher um balde com água, ao invés de deixá-lo debaixo do chuveiro. Os animais mais inseguros podem ficar assustados com o barulho da água a cair.

Proteja as orelhas do cão ao colocar cuidadosamente pedaços de algodão na entrada no canal auditivo. Durante o banho, priorize as partes do corpo do animal que costumam ficar mais expostas e, consequentemente, mais sujas. Ou seja: patas, focinho e rabo.

Por fim, basta enxugar com uma boa toalha e finalizar o trabalho com um secador de cabelo. Pronto! O seu cão está cheiroso de novo.

Gostou do artigo? Compartilhe-o nas redes sociais.

Deixe um Comentário